Estudantes de Parauapebas são preparados para a OBA

Estudantes de Parauapebas são preparados para a OBA

Nos dias 27 e 28, ocorre, em todo o país, a prova da 24ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), organizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e Agência Espacial Brasileira (AEB) para estudantes do Ensino Fundamental e Médio.

Os alunos da rede municipal de ensino de Parauapebas já estão sendo preparados para a avaliação, há algum tempo, por meio de revisão de conteúdos e atividades. E ontem, 24, às 19 horas, ocorreu uma Live de revisão de conteúdo e incentivo à participação. O evento intitulado “OBA 2021 – Um bate-papo astronômico” contou com a participação de educadores e convidados especiais.

O evento obteve uma ótima interação com o público estudantil, alcançando centenas de acessos instantâneos e milhares de visualizações. Segundo a técnica de Ciências da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Leilane Bicho, a Live alcançou os objetivos propostos. “Nossas expectativas foram superadas, principalmente no sentido de engajamento e participação. Assim, acreditamos que haverá uma maior participação dos alunos nesta edição da OBA”, destaca.

O professor Paulo Roberto, da escola Municipal de Ensino Fundamental Faruk Salmen, também participou da Live. Durante o evento, ele reforçou a importância das olimpíadas e o quanto o município tem procurado organizar os alunos para a prova. “A nossa ideia é preparar os alunos das mais diversas formas possíveis e a Live é mais uma ferramenta”, comenta.

 

Mobfog

Paralelamente à OBA ocorre a Mostra Brasileira de Foguetes (Mobfog), que já está em sua 15ª edição. A iniciativa tem caráter experimental. Para participar, os alunos precisam construir e lançar seus foguetes a partir de uma base de lançamento, sendo que as melhores marcas obtidas por cada criança são enviadas para a avaliação e classificação da Mobfog.

Muitas escolas municipais também estão estimulando a participação de seus alunos na Mostra e os lançamentos já estão sendo realizados. Na manhã de ontem, 24, dezenas de alunos da escola Luiz Magno de Araújo marcaram presença na praça do Bairro Alvorá, zona sudeste, para realizarem seus lançamentos.

A aluna Whany Agatha Couto Dias, do 8º ano, construiu um belo foguete e já na segunda tentativa alcançou a distância de 100 metros. “É a primeira vez que participo da Mobfog e está sendo uma experiência incrível. Aprendi muitas coisas interessantes e ainda poderei conquistar uma medalha. Estou muito feliz em participar”, afirma a estudante.

Deixe uma resposta